Diagnóstico De TI: Avaliação Completa Da Infraestrutura Tecnológica Da Empresa

A análise identifica possíveis problemas, atualizações e oportunidades de aperfeiçoamento

Na medicina, o diagnóstico consiste em uma investigação de doença ou condição física ou mental com base nos sintomas observados, com o objetivo de chegar a um prognóstico que leve a previsão de como uma determinada enfermidade poderá se manifestar no futuro. Já na área de infraestrutura tecnológica de uma empresa, o diagnóstico vem como um importante instrumento de planejamento, que tem como objetivo analisar os processos tecnológicos, identificando possíveis problemas, atualizações e as necessidades de aperfeiçoamento.

Assim como as engrenagens são elementos fundamentais para as máquinas terem força ao se movimentarem, da mesma forma as empresas necessitam da infraestrutura de TI na movimentação do negócio. Nos anos de 2020 e 2021, por causa da pandemia da covid-19, a única saída encontrada para que muitas companhias continuassem a produzir foi através do uso da tecnologia. Porém, foi apenas diante da necessidade de manter a empresa funcionando independente do espaço físico que muitas companhias despertaram para a necessidade de atualização e modernização tecnológica.

Atualmente, quase não há negócios que não necessitem de processos intermediados pela TI, que cada vez mais influenciam a maioria dos setores das corporações. E é justamente por isso que existe o diagnóstico de TI, para ver se a infraestrutura ativa está realmente atendendo com precisão a rotina do negócio, se está obsoleto, se é suficiente, se tem agregado em qualidade e agilidade, se há riscos e vulnerabilidades e quais as melhorias precisam ser desenvolvidas.

Mapeamento que leva a maior produtividade

Essa análise contempla os hardwares, softwares, sistemas, redes e processos, num check-up intenso e prudente, mapeando com técnicas especiais quais as melhorias precisam ser feitas quanto a segurança, redução de risco, desempenho e aumento da produtividade, que, claro, potencializa o lucro da companhia. Todo esse processo objetiva levar a organização a uma evolução, que traga crescimento e sucesso ao negócio.

Esse trabalho investigativo da infraestrutura empresarial traz para as companhias a maturidade necessária na área de TI, agregando inovações e a continuidade da transformação digital, inevitável diante de tanta evolução no segmento tecnológico.

Níveis de maturidade de TI

Este processo depende do estágio em que a empresa se encontra, que pode ser: a TI Reativa, que é focada em “apagar incêndios” – o famoso quebra/conserta -, pois não há um padrão e ainda está no início da transformação tecnológica; TI Eficiente, quando já existe processos definidos e padronizados, porém ainda necessita de estruturação maior;  TI Efetiva, quando já há uma gestão de serviços e da governança de tecnologia focados na necessidades dos objetivos do negócio;   e TI Estratégica, que apresenta a maturidade necessária, com soluções que criam diferenciação do negócio e trazem vantagens competitivas no mercado.

Independente do estágio em que sua companhia se encontra, é muito importante focar em estratégias de TI que acompanham as evoluções do mercado, transformando o modelo de negócio. Por isso, estamos destacando aqui a importância do diagnóstico da infraestrutura, que resultará em mais agilidade e assertividade a conjectura de soluções tecnológicas nas companhias.

Melhor prevenir do que remediar

Como diz a máxima popular “é melhor prevenir do que remediar”, ou seja, há um consenso sobre a necessidade de evitar problemas, antes que eles aconteçam, mesmo em se tratando de TI. É preciso entender quais recursos tecnológicos sua empresa tem; se essas soluções ainda continuarão ativas por muito tempo ou se precisam ser substituídas (para que não fique na mão a qualquer momento); e, principalmente, se não será melhor ampliar ou modernizar para alcançar melhores resultados.


Há inúmeros benefícios no diagnóstico de TI  como: o aperfeiçoamento da segurança da informação; o aprimoramento de procedimentos e dos identificadores que os mapeiam; integração e alinhamento do funcionamento dos setores do negócio; agilidade  e melhor desempenho nos processos da equipe; redução de downtime e imprevistos, o que significa mais economia e, logicamente, trará a maturidade necessária à tecnologia da companhia e representará um grande avanço na estruturação geral.

Atualmente, a grande tendência na área de TI é a locação dos equipamentos com parceiro especializado. Esse serviço traz inúmeras vantagens, como: contar com uma equipe especializada no diagnóstico; as soluções mais inovadoras do mercado; suporte e orientação acessíveis a qualquer momento; manutenção disponível; e troca imediata, em caso de pane.

Com a infraestrutura de TI ajustada haverá mais condições para a equipe trabalhar e focar no crescimento do negócio e na conquista de melhores resultados.

  • E aí, sua empresa já fez um diagnóstico de TI?

Leia aqui no blog também sobre as vantagens do outsourcing de TI  e, para ficar por dentro de assuntos relacionados a infraestrutura de tecnologia, siga-nos nas redes sociais: LinkedInFacebook e Instagram.

Até o próximo post!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS E PROMOÇÕES

mobile-newsletter-arklok