Pandemia Acelera A Transformação Digital No Turismo

Empresas do setor precisam aperfeiçoar a infraestrutura de TI com foco no “turista 4.0”

Depois de quase dois anos de pandemia no Brasil, o turismo finalmente está retomando as suas atividades com força total. Esse período de inatividade, devido às restrições sociais, acelerou a transformação digital no setor, que já estava em curso. Para satisfazer o “turista 4.0”, que está mais conectado do que antes, as empresas do segmento, como resorts, hotéis, pousadas, agências de venda de pacotes ou passagens, recepção, transporte e passeios, precisam usar ferramentas tecnológicas para desenvolver seus negócios e suprir as necessidades dos clientes.

Agora, os viajantes, que já usavam o mundo digital em todas as fases da programação das viagens — desde a escolha do destino até as compra do pacote, passagens, reserva de hospedagens, passeios e até restaurantes —, estão ainda mais antenados, digitalizados e exigentes. Como cresceu a competitividade on-line entre as empresas do setor, as inovações na infraestrutura de TI se tornam ainda mais importante neste novo momento do turismo nacional e mundial.

Tecnologia oferece diferenciação no mercado de turismo

Se antes já existiam razões para as companhias de turismo apostar em modernidades tecnológicas, agora é um fator preponderante na diferenciação no mercado competitivo. Ao avaliar uma renovação de infraestrutura, as empresas do setor necessitam pensar em tudo, desde a compra e programação on-line do cliente; como também na organização administrativa da empresa, com mais eficiência na gestão de informações e robustez operacional; e, também, na estrutura tecnológica que estará disponível para o turista durante a viagem, hospedagem ou passeio.

Esse investimento em tecnologia nas empresas de turismo oferecerá algumas vantagens, como proporcionar viagens mais seguras no pós-covid — já que a insegurança relacionada à contaminação do vírus Covid-19 deve acompanhar o turista por algum tempo. Será necessário então a manutenção do controle de capacidade com certo distanciamento de atrações, restaurantes, bares, áreas de lazer, lojas, espaço de eventos, entre outros. Além disso, algumas novidades, como as alternativas tecnológicas na escolha do cardápio, na entrega do serviço de quarto — minimizando o contato físico — e passaporte sanitário digital, baseado na tecnologia blockchain, chegaram para ficar.

A boa notícia é que o aprimoramento da tecnologia tende a melhorar os serviços e aperfeiçoar a experiência do viajante, como com ônibus turístico autoguiado, realidade virtual, realidade aumentada, entre outros.  Nos hotéis, as mudanças estão chegando gradualmente com os avanços tecnológicos, alguns já utilizam chaves eletrônicas de apartamento; controle energético que funciona pelo celular; check-in e checkout automático — como nas passagens aéreas; uso dos dados pessoais para customização dos serviços, entre outros.

Outsourcing de TI no setor de turismo

A transformação digital no mundo e também no turismo não tem volta e para que haja bons resultados com a estrutura de TI é muito importante que essas empresas do setor tenham à disposição uma equipe parceira de profissionais especializados em suporte, que não só resolvam problemas, mas estejam operando sempre alinhados com os objetivos das empresas, sugerindo transformações bem elaboradas e essenciais no incentivo da produtividade e na redução dos custos operacionais.

Para obterem esse suporte, sem arcarem com alto custo, muitas empresas estão optando pelo outsourcing de TI. O serviço de locação de equipamentos de tecnologia oferece em um só pacote vantagens como: redução de custo, manutenção, suporte, troca de equipamentos, serviço personalizado, aparelhos formatados, segurança e o melhor, sem precisar desprender de mão de obra própria.

Na Arklok, as empresas do setor de turismo podem encontrar esse serviço completo com qualidade e excelência e uma equipe especializada que faz um diagnóstico preciso do cliente para entender suas demandas e apresentar soluções pertinentes as suas necessidades.  

  • E aí, quais comodidades tecnológicas sua empresa tem oferecido ao novo “turista 4.0”?

Para saber mais sobre  o assunto, veja nosso texto outsourcing de TI, que foi postado recentemente no blog, e para acompanhar mais novidades, siga-nos nas redes sociais: LinkedInFacebook  e Instagram.

Até o próximo post!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS E PROMOÇÕES

mobile-newsletter-arklok