Importância Da Infraestrutura De TI Para Gestão No Agronegócio

As inovações não devem estar apenas no campo, mas também na área organizacional

Nos dois últimos anos o agronegócio brasileiro viveu um bom momento, apesar da pandemia, que impulsionou ainda mais as exportações do país. O distanciamento da equipe administrativa e o maior controle e rastreabilidade na produção e operação, além de protocolos mais rígidos de qualidade nas commodities vendidas, impulsionaram o setor nos investimentos em tecnologia da informação, impactando diretamente na cultura de gestão e na digitalização dessas empresas.

Acostumados com as inovações tecnológicas nas áreas de produção, máquinas, implementos e insumos, as empresas do setor rural demoraram para se familiarizar com as tecnologias de gestão e controle. Porém, agora, já despertaram para a necessidade da infraestrutura de TI na troca de informações administrativas e de mercado, na agilização e assertividade nas atuações do negócio, além de facilitar as ações de compliance, garantindo o cumprimento dos atos, regimentos, normas e leis estabelecidos interna e externamente.

A grande adesão de tecnologias de gestão empresarial do agronegócio também se deve a busca por uma maior profissionalização e agilidade para toda a cadeia, mantendo as áreas produtivas em alta ano após ano. Ao investirem em infraestrutura de TI, as empresas do segmento precisam garantir segurança, escalabilidade, performance e estabilidade, além de permitirem total interconectividade para a centralização dos dados de software e automações.

A modernização da gestão na área rural chega para simplificar a rotina das áreas que exigem tecnologias capazes de aperfeiçoar os processos e possibilitar o uso acertado dos recursos produtivos, impedindo paradas e desperdícios, oferecendo previsibilidade para a cadeia de abastecimento. As soluções de computação em nuvem podem simplificar a disponibilidade de soluções computacionais para softwares e automação, acarretando mobilidade e segurança para as operações.

Os produtores rurais começaram a entender que essas inovações são necessárias para o aumento da longevidade e competitividade do negócio gerando: mais eficiência e rapidez nas demandas estratégicas; controle maior da produção, já que muitos processos produtivos são manuais e custosos; e ainda permite o armazenamento da informação relevante para os produtores em infraestruturas de TI seguras e confiáveis.

Além disso, as tecnologias trazem redução de custos ao setor, pois agilizam bastante as rotinas de produção, já que há muitos programas e aplicativos para registrar, organizar e catalogar as informações importantes para todo processo do negócio rural. Com o facilitador tecnológico haverá mais tempo disponível para melhorias na logística, qualidade e distribuição dos produtos.

Por causa disso, muitas empresas do agronegócio estão optando por outsourcing de TI, que envolve a terceirização com a locação dos equipamentos de tecnologia, que, além de reduzir custo com infraestrutura tecnológica, proporciona atualizações frequentes, gerenciamento dos equipamentos, suporte com especialistas, entre outras comodidades.

Entendeu agora por que o produtor rural tem muito a ganhar com a implantação de soluções tecnológicas?

Confira mais sobre locação de equipamentos neste texto que postamos aqui recentemente e, também, no nosso site. Acesse também as nossas redes sociais LinkedInFacebook e Instagram  e fique por dentro das soluções disponíveis para sua empresa!

Até o próximo post!

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS E PROMOÇÕES

mobile-newsletter-arklok